É páscoa: O que fazer?

21 Março 2019
soulog - É páscoa: O que fazer?

Certeza que você está aí, neste momento, pensando: a Páscoa está chegando, mas o meu produto não é chocolate, e agora? É bem difícil compreender essa época e o que podemos fazer para gerar vendas e lucros nesse momento que é voltado para a compra de ovos de chocolates e afins.

Existem inúmeras maneiras de movimentar o seu e-commerce - mesmo se ele estiver na categoria de doces - relacionando produtos do seu estoque que possam se aproximar, de alguma maneira, dessa época. A partir do momento que entendemos o nosso público e o que ele espera, compreendemos que o nosso dever é vender para despertar o seu desejo de compra, alinhando-se com a experiência de compra ou até mesmo com o produto que você irá oferecer ao seu cliente. Até porque, nem todos na Páscoa, presenteiam entes queridos, crianças, só com ovos de chocolate, né?

A publicidade ainda é a ferramenta mais poderosa para solucionar esse tipo de problema, entrando em destaque no 32° Fórum de Debates da Associação de Profissionais de Propaganda (APP), onde comentaram sobre as crises serem um realinhamento para o mercado, pondo em vista, as dificuldades que o país vem atravessando e de como isso pode mudar e contribuir para o mercado.

A partir disso, desenvolvemos 3 dicas que podem ajudar você vender mais nesse feriado tão esperado. Vamos lá?

1ª) Embalagem

É importantíssimo ressaltar o quanto o consumidor gosta do visual e de que aquele produto faça encher os olhos. Por isso, mesmo se você não vender doces, aposte na embalagem, fazendo com que o consumidor se interesse pelo o seu produto e o impulsione a comprá-lo por conta da “roupa” que está vestindo. No caso, um design que remeta à Páscoa é super bem vindo.

2ª) Brindes

Quem é que não gosta de brindes, não é? Como dito, nem todos compram ovos de chocolate para presentear entes queridos ou as crianças, então pense com a cabeça de consumidor: se eu comprar isto, posso ganhar alguma coisa junto? Use a sua imaginação voltada para a Páscoa e ofereça brindes ao consumidor em suas compras – para que você não saia no prejuízo, coloque o valor mínimo de compra para que ele possa adquirir produtos acima daquele valor e receber o brinde – de uma coisa é certa: você oferecerá um bom atendimento e ganhará uma propaganda gratuita da sua empresa a partir desses consumidores.

3ª) Vouchers de desconto

Vamos seguir a mesma linha de raciocínio dos brindes, só que agora com descontos: se você tiver um parceiro ou parceira, que faça ovos de chocolate, se reúna para debater de como vocês podem oferecer esse voucher de desconto. Um exemplo: você vende ferramentas e conhece ou é parceiro de alguém que produz ovos de chocolates, verifique qual o ticket médio do seu parceiro e o seu também. A partir disso, trabalhem a ideia de que: eu vendo ferramentas, tenho esse ticket médio x e o valor mínimo da compra no meu e-commerce é de y e o consumidor ganhará um voucher de desconto para comprar no seu e-commerce de ovos de chocolate, a partir do valor que você estipular para os itens; desta maneira, você e seu parceiro saem ganhando, você vendendo ferramentas e ele seus ovos de chocolate.

Gostou das ideias? Já pensou em praticá-las? Conta pra gente!


Boas vendas!

Isabel Colins.